Na exposição A Vista da máscara, deixamos a máscara (“Máscara para Vestir”) para ser vestida. Tudo que consegui recolher de registro das pessoas que a vestiram estão aqui. Uma grande brincadeira, uma experiência de se vestir a máscara, de se perder a cabeça.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *