Hoje eu levei um caderno de 2010 pra vocês verem algumas aquarelas que fiz usando café e nanquim. O raciocínio da reserva era uma “obsessão” naquele momento e eu me valia das cenas da casa. O caderno é um Hahnemühle para desenho mas que tolerou bem tantas aquarelas nele, só pedia arrego diante de mais de duas sobreposições de camadas (como o vidro do tampo do fogão na segunda imagem).
Atenção crianças, podem tentar fazer isso em casa, mas tenham sempre em mente que café não é a tinta ideal por não ser neutro, mas seu pigmento é tão lindo! Até hoje, vez ou outra, uso um que ficou na garrafa do dia pro outro. Vale a pena a tentativa. O que acham?

img_5399 img_5400

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *